E antes da tenda tinha




Publicações Iara (2010-2014)

Iara é lendaIara é prenda

Em outubro de 2010, Publicações Iara nasceu inspirada no mito da sereia amazônica. A mãe d’água que leva consigo a todos que seu canto ouvem. Aquela que atiça os desejos dos mais fracos e dos mais fortes. A mãe d’água que sorve o ar de quem por ela se deixa enfeitiçar. Aquela que multiplica e dissemina suas ideias.
Quem fez a Iara
A Iara foi uma iniciativa de Fernanda Grigolin e Karina Francis Urban que contou com a parceria de outras pessoas em diversos momentos.

Por que Livros?

Na Iara, a publicação era pensada em todas as etapas, desde a concepção e o design, escolha do papel e tipo de impressão até a distribuição. De quando em quando, trabalhamos com artistas visuais e poetas de várias localidades do Brasil em projetos individuais ou em projetos coletivos.

Foram desenvolvidas ações nas seguintes frentes:

– acompanhamento completo de projeto (da edição à impressão), como o realizado para o livro Não contei o nome dos dias, de Francisco Costa Lima;
– consultoria, identidade visual, projeto gráfico e edição, bem como o executado para o projeto Experiências de artistas: aproximações entre a fotografia e o livro, de Fernanda Grigolin, vencedor do XII Prêmio Funarte Marc Ferrez de Fotografia 2012;
– assessoria de projeto, assessoria editorial, produção gráfica e impressão, assim como o demandado pelo projeto Entresilhas, um dos vencedores do edital Rede Funarte Artes Visuais 2012;
– estudo editorial e impressão, que pode ser exemplificado com a publicação Eu me livro, de Ana Estaregui;
– edição de livros, entre eles, Anotações noturnas, de Tatiana Podlubny, 36 poses, de Analu Andrigueti, e Filé em tiras, de Felipe Valério;
– curadoria, como a proposta de seleção de livros brasileiros para participarem da Feria de Libro de Foto de Autor de Buenos Aires, Argentina em 2013;
– realizadora de projetos de coleção de livros; neste caso, citamos Asfalto, Portapoema e Poesia Menor;
– distribuição de publicações, atividade realizada pela Loja da Iara entre 2011 e 2014 por meio de vendas on-line e venda direta em feiras de arte impressa em todo o Brasil, tanto de livros da casa quanto de outras editoras ou coletivos;
– E, também, realizamos projetos independentes, bem como: No Parque (evento que teve quatro edições e propunha intervenção urbana, sarau, piquenique e caminhada no Parque da Independência em São Paulo) e Iara e Amigos na Serralheria (evento de dez horas com diversas atividades culturais).